Início » Review de Aplicativos » Sistema Android: como configurar o seu sistema operacional

Sistema Android: como configurar o seu sistema operacional

Muitas pessoas usam o sistema Android no celular, mas, poucos sabem dizer o que é o Android. Para início de conversa ele é o sistema operacional do Google para celulares. Baseado no Linux, o Android foi desenvolvido em 2003 por Andy Rubin, Rich Miner, Nick Sears e Chris White, em Palo Alto (Califórnia).

Os donos da Android Inc. tinham como proposta inicial era usar o sistema operacional para câmeras digitais. Entretanto, perceberam que o embrionário mercado mobile poderia ser explorado e render. Em 2005, o Google comprou a Android Inc. e nascia a Google Mobile Division, área de pesquisa em tecnologia mobile.

Advertisement

Quase 20 anos depois, o Android é um dos sistemas operacionais mais usados no mundo. Seu tablet, televisão, videogame e até seu carro usam da tecnologia. Mas, foi desdenhado por Nokia e Microsoft. A  Apple foi a única gigante que aceitou bem o sistema.

E como está a Microsoft hoje? Seu Windows Phone representa apenas 2,7% das vendas. Samsung, Asus e LG são alguns dos fabricantes de smartphones que usam o sistema operacional. Para ter ideia do poder do Android não domina apenas no Japão.

Todas as versões do Android

aplicativos android

Todas as atualizações do Android têm nome de doces, com exceção das três primeiras. Confira os nomes de todas as versões do Android.

  • Android Alpha e Beta: 2007-2008;
  • Android 1.0 – Astro: 2008;
  • Android 1.1. – Battenberg: 2009;
  • Android 1.5 – Cupcake: 2009;
  • Android 1.6: Donut: 2009;
  • Android 2.0 – Éclair: 2009-2010;
  • Android 2.2 – Froyo: 2010;
  • Android 2.3 – Gingerbread: 2010-2011
  • Android 2.3.3 – Gingerbread: 2011;
  • Android 3.0 – Honeycomb: 2011;
  • Android 3.1 – Honeycomb: 2011;
  • Android 3.2 – Honeycomb: 2011;
  • Android 4.0 – Ice Cream Sandwich: 2011-2012;
  • Android 4.1 – Jelly Bean: 2012;
  • Android 4.2 – Jelly Bean: 2012;
  • Android 4.3 – Jelly Bean: 2013;
  • Android 4.4 – KitKat: 2013-2014;
  • Android 4.4 W – KitKat: 2014;
  • Android 5.0 – Lollipop: 2014;
  • Android 5.1 – Lollipop: 2015;
  • Android 6.0 – Marshmallow: 2015;
  • Android 7.0 – Nougat: 2016;
  • Android 8.0 – Oreo: 2017.

Como limitar as atualizações e downlaods do Android?

Manter os aplicativos do celular atualizados é fundamental para que você tenha acesso a novos recursos e funcionalidades que melhorem o desempenho do aparelho e a sua experiência como usuário.

O problema é que ultimamente, quanto mais aplicativos você tiver em seu celular, mais atualizações poderão ser feitas, o que pode lotar a sua memória RAM e deixar o sistema operacional muito lento.

No caso do Android, recentemente o Google Play ganhou uma nova função para poder limitar o download de aplicativos para quando o celular esteja sob a conexão Wifi.

Essa novidade impede que o usuário gaste de forma desnecessária seus dados móveis baixando e atualizando aplicativos da loja oficial do Android. Ao ativar esse novo recurso, o download iniciado fica pendente até que o smartphone esteja novamente conectado a uma rede Wifi.

Uma opção parecida já estava em funcionamento na parte dos ajustes de atualizações de aplicativos, que ocorrem frequentemente.

Porém, a partir de agora, o Google expande a restrição para apenas via Wifi não apenas as atualizações como a execução de downloads para a instalação de novos aplicativos no celular. Veja como utilizar a função abaixo:

1º passo: Abra o aplicativo da Play Store no smartphone vá ao menu lateral. Role a barra até a parte inferior e clique em “Configurações”;

android

2º passo: Vá em “Preferência de download de apps” para poder controlar o uso de dados móveis na hora baixar aplicativos. Para definir quando você quer atualizar os programas, vá até a opção “Atualizar apps automaticamente”. Como padrão, o Android libera downloads e atualizações em qualquer conexão. Mas aqui você consegue restringir para redes sem fio, economizando a sua internet de dados. Para isso, em qualquer dos casos selecione a opção “Somente por Wi-fi” e aperte em “Concluído”;

android

3º passo: Com a restrição ativada, o Google Play vai fazer com que todos os downloads e atualizações que poderiam ser feitos automaticamente fiquem pendentes. Eles só serão reativados quando o seu celular estiver conectado a uma rede sem fio.

Como encontrar o número IMEI do Android?

IMEI IPHONE

O IMEI (International Mobile EquipmentIdentity) é um código de identificação global.Todo celular possui esse código, sendo único para cada aparelho. Com ele, você pode bloquear o seu aparelho em casos de roubo ou de perda. Dessa forma, ninguém conseguirá usá-lo.

O código possui quinze dígitos, sendo os seis primeiros conhecidos como TAC (TypeAllocationCode), que indicam onde o aparelho foi criado. Os próximos 2 números são conhecidos como FAC (Final Assembly Code), que informam o fabricante. Os números seguintes são o número de série e o último é um dígito verificador.

Cada celular possui um código verificador. No entanto, em aparelhos dual chip (ou mais) podem ter mais de um IMEI.Antigamente, o IMEI era usado para bloquear o uso de outras operadoras no mesmo aparelho. Ou seja, se você comprasse o celular da operadora X, precisaria fazer o desbloqueio para usar com a operadora Y. Atualmente, todas as operadoras são obrigadas, pela Anatel, a vender aparelhos desbloqueados.

O IMEI serve para proteger o seu celular. Se ele for roubado ou ainda se você perdê-lo, poderá usar esse código para bloquear o seu aparelho. Para isso, faça um Boletim de Ocorrência e depois ligue em sua operadora, informando o IMEI para bloquear. A operadora irá pedir que você encaminhe uma cópia do BO, para finalizar o processo.

O bloqueio de celular usando o IMEI é reversível, mas demorado. Se você encontrar o seu aparelho depois de bloqueá-lo com o código, entre em contato com a operadora, a fim de realizar o desbloqueio. No entanto, terá que provar que ele é seu e não foi obtido ilegalmente.

Por isso, para se prevenir saiba aqui o que fazer caso tenha um celular Android perdido ou roubado. 

Tanto no iPhone quanto no Android, as formas de localizar o IMEI são iguais. Afinal, o código é do aparelho celular e não do sistema operacional.

A primeira e pouco conhecida é digitar o número *#06#. Logo, aparecerá em sua tela um quadro indicando o número IMEI do aparelho. Se for dual chip, poderá ter mais de um código. Anote-os em um local seguro para casos de perda.

Outra maneira de verificar esse código é indo ao menu de “Ajustes” ou “Configurações” e procurar a opção “Sobre o celular”. Lá, você verá o código IMEI, a versão do seu aparelho e, até mesmo, a versão do sistema operacional.

O código também vem descrito na caixa do seu aparelho. Portanto, ao adquirir um celular novo, guarde a caixa muito bem! O IMEI também pode estar em um adesivo embaixo da bateria do seu aparelho.

Como fazer root no Android?

O Android é aberto e permite a customização e personalização do sistema operacional. Uma das alterações que o usuário consegue fazer é o root, que anteriormente era complicado de ser realizado. Hoje, pode ser feito via aplicativo, com poucos comandos.

Root é um processo que produz permissões de administrador para obter licença de superusuário. Na prática, isso quer dizer que o usuário do smartphone será habilitado a instalar aplicativos independentes e que não pertencem a Google Play Store.

Portanto, o usuário conseguirá ter um maior número de aplicativos, sem depender totalmente da loja oficial do Android, liberando o sistema para receber ferramentas diferenciadas, seja para o trabalho ou lazer.

Quando fazer o root

O root é indicado somente se o usuário deseja personalizar o Android ou ter em seu smartphone qualquer aplicativo do mundo, já que ele possibilita o download de diversas ferramentas nesse sistema operacional.

Quem decide fazer o root tem de conhecer alguns pontos essenciais. O primeiro é que a partir do momento que o processo é realizado, o smartphone perde sua garantia de fábrica.

Portanto, se o aparelho passou por um root e apresentar um defeito técnico, o conserto terá de ser pago pelo dono do smartphone, porque a fabricante não cobre mais o reparo.

Além disso, o processo de root e o programa utilizado para gerar certificados de superusuário podem provocar danos ao software do smartphone, podendo perder o celular após a realização do procedimento.

KingRoot

 

O KingRoot é um dos aplicativos para root mais famosos da atualidade e um dos motivos é que ele é baseado em nuvem. Além disso, o app é simples de ser utilizado, basta tocar no botão principal da tela.

Assim que esse comando for executado, o aplicativo identifica o modelo do celular e faz o root. Se não houver problema algum, o app mostrará na tela um check verde, indicando que o processo foi realizado com sucesso.

Um grande atrativo do KingRoot é que ele tem uma alta taxa de efetividade no Android, mais de 60%. Portanto, se quiser testar um aplicativo descomplicado e eficaz, o KingRoot é uma excelente opção.

KingoRoot for Android

O KingoRoot for Android entra na lista de praticidade para realização do root, pois o processo é feito de maneira automática. Assim que a ferramenta é baixada, ela verifica se o smartphone pode passar pelo root e baixa drivers para efetuar o procedimento.

Depois que isso for realizado, basta tocar no botão Root. Quando o processo for finalizado, selecione Finish. A partir de então, seu aparelho poderá receber quaisquer aplicativos.

 iROOT

O iROOT tem funcionamento diferenciado, mas é extremamente eficaz na execução do root. Para realizá-lo, é preciso conectar o smartphone ao computador, usando cabo USB, e ativar a opção Depuração USB.

Feito isso, aguarde alguns segundos para que o iROOT verifique o sistema e se é possível fazer o processo. Em caso positivo, clique em Root e espere alguns minutos para que a operação seja finalizada.

Se o aplicativo informar que o root pode ser feito, no entanto houver uma falha durante o processo, somente clique em Retry e ele tentará executar a operação novamente.

Root Master

O Root Master não exige que seu celular esteja conectado ao computador para fazer o processo e, por isso, é um pouco mais prático. É possível baixar o aplicativo gratuitamente no smartphone e instalá-lo normalmente.

Depois disso, abra o app e toque no botão Start. Aguarde alguns minutos até a finalização da operação. Assim que terminar o processo, reinicie o smartphone, somente para garantir melhor acesso e visualização do root.

Como fazer backup do Android?

Backup significa criar uma cópia de segurança de dados digitais de equipamentos, como computadores e celulares. Profissionais de tecnologia da informação já estão bem habituados a esse tipo de tarefa, porém a maioria das pessoas não realizam backup em suas máquinas – o que é um tremendo erro.

Quem faz backup nos smartphones com sistema Android ganha mais espaço de memória e ainda deixa os seguintes itens mais seguros:

  1. Lista de chamadas;
  2. Mensagens enviadas e recebidas;
  3. Calendário atualizado;
  4. Informações dos aplicativos baixados;
  5. Sites navegados;
  6. Lista de contatos.

Além de muitos outros dados importantes para o funcionamento do aparelho.

Smartphones que usam esse sistema operacional têm outro benefício: a pasta de backup é vinculada à sua conta Google, que facilmente terá acesso aos arquivos guardados.

Outra coisa é que existem aplicativos de backups exclusivos para cada conjunto de informação. Então, se precisar de um App só para guardar sua lista de contatos, encontrará.

Vamos aprender a fazer o backup da conta Google? Confira, a seguir!

Backup do smartphone usando a conta Google

Como mencionado, os aparelhos Android estão vinculados a uma conta Google e, por isto, uma pasta para cópia de segurança é criada nesta conta. Veja como fazer:

  1. Siga para “Configurações”;
  2. Escolha a opção “Fazer backup ou redefinir” (em algumas versões encontrará o widget “Cópia de segurança”);
  3. Selecione “Fazer Backup”;
  4. Informe o e-mail da conta Google para onde o backup será guardado;
  5. Selecione “Restauração Automática” (assim seus dados cadastrados e versões de aplicativos iniciarão normalmente);

O sistema iniciará a cópia de segurança e uma pasta será salva em sua conta Google.

conta google backup

Fazendo Backup do Android usando os 5 melhores aplicativos

Listamos, aqui, os aplicativos mais bem recomendados na Play Store do Android. Veja o que mais se encaixa às suas necessidades.Para encontrá-los, é só ir na loja de aplicativos e digitar o nome e depois baixar.

Simpler Contatos Backup

Esse é um App para quem precisa fazer o backup de seus contatos de forma ágil e segura. Um dos seus destaques é que uma cópia dos seus contatos será enviada ao e-mail informado no cadastro de acesso. Entre seus recursos ainda estão:

  1. Não será necessário sincronizar com servidor para realizar o backup;
  2. Poderá escolher o envio dos dados para suas contas do Google Drive, Dropbox ou Cartão de Memória;
  3. Poderá salvar contatos de suas redes sociais e contas de e-mail.
simpler backup

Titanium Backup

Um dos aplicativos mais robustos para esse tipo de tarefa. Guardará quase todo tipo de informações do seu smartphone. Ele dará controle no que deve ser eliminado e irá nas pastas que nem sabemos que existe.

titanium backup para android

Easy Backup

Um dos mais populares, esse é de fácil manuseio e consegue preservar dados importantes ao funcionamento de seu aparelho. O backup pode ser enviado por e-mail ou salvo em algum de seus aplicativos na Nuvem ou no cartão SD. Não há limite para restaurações da memória do smartphone, podendo ser usado quando quiser.

como fazer backup do android

G Cloud Backup

Nesse App, os arquivos só poderão ser salvos em pastas na Nuvem. O destaque fica para os 10GB gratuitosde memória, para o armazenamento. Além disso, ele guardará:

  1. Histórico de conversas do WhatsApp;
  2. Lista de ligações de seu aparelho;
  3. Arquivos de documentos em diferentes extensões (Word, Excel, PDF);
g cloud backup para android

Helium– AppSyncandBackup

Outro aplicativo bem popular para Android. Faz o backup de boa parte dos arquivos de seu celular e os usuários atribuem boas notas à sua objetiva interface. Tudo isso em sua versão gratuita!

helium app backup para android

Existem vários aplicativos para backup do Android. Vale pesquisar na Play Store. Muitos são gratuitos, e isto agrada um bocado usuários que querem o pleno funcionamento de seus celulares. Faça sua opção e aproveite!

Como habilitar e desabilitar noficicações no Android?

Notificações dos seus aplicativos: como habilitar e desabilitar (Android)

As notificações que recebemos dos aplicativos instala dos em nossos smartphones são de todos os tipos, desde propagandas até informativos necessários para as nossas rotinas.

Advertisement

O sistema operacional Android, instalado em boa parte dos celulares do mundo, tem funções nativas que ajudam a habilitar as notificações, as quais consideramos prioritárias. Basta configurar de quais aplicativos queremos receber as notificações que logo aquele mundo de ícones na parte superior do visor sumirá.

Opção 1 para desabilitar notificações

  1. Na própria notificação, toque e segure por alguns segundos. Surgirão 2 símbolos, o de “Configurações” e o de “Informação” do aplicativo;
  2. Toque em “Configurações”. Uma nova lista surgirá, onde você deve escolher “Notificações”;
  3. Na nova aba, selecione “Inscrições” e desligue a chave. Você não receberá mais nenhuma notificação de aplicativos como YouTube, ou outros que tenha algum tipo de inscrição.

Opção 2 para desabilitar notificações

  1. No menu principal, toque em “Ajustes”;
  2. Depois, escolha a opção “Som e notificação”;
  3. Vá em “Notificações” e, em seguida, em “Aplicativos”;
  4. Selecione o aplicativo que desativará as notificações;
  5. Ligue a chave “Bloqueados”, assim não receberá mais notificações desse aplicativo.

Como configurar o “Não Perturbar” do Android

Notificações dos seus aplicativos: como habilitar e desabilitar (Android)

A função “Não Perturbar” é excelente para quem quer organizar algumas notificações importantes, sendo preciso que você:

  1. Toque em “Ajustes”;
  2. Depois em “Som e notificações”;
  3. Agora em “Notificações”, escolha “Não perturbar”;
  4. Na lista, surgirão as opções “Selecione prioridades” e “Programar”, vamos conhecer um pouco sobre as duas.
  • Selecione prioridades – aqui, poderá escolhe silenciar ou priorizar as notificações de aplicativos e de “Chamadas” (poderá listar os contatos prioritários em sua agenda) e “Chamadas Repetidas”. As “chamadas repetidas” são uma boa opção para se livrar das ligações insistentes de operadoras ou telemarketing;
  • Programar – aqui, conseguirá desativar as notificações durante um dia específico da semana e em determinado horário. Poderá definir se deseja (ou não) receber notificações de todos, ou permanecer recebendo informações de sua lista de prioridades.

Essas são as formas mais usadas para habilitar e desabilitar notificações de seu smartphone com sistema Android. É claro que sempre terá a opção de colocar o seu celular no modo silencioso, ou apenas vibrando, se seu problema for apenas as constantes interrupções.

Outro ponto que vale lembrar é que todas as ações indicadas ou programadas podem ser desfeitas quando quiser. É só seguir o mesmo caminho e inverter a chave “liga e desliga”.

Como desinstalar aplicativos nativos e não nativos no Android

Começando pelo mais fácil, o primeiro passo que você deve dar para liberar espaço em seu celular é desinstalar aplicativos que não são utilizados.

Como desinstalar aplicativos pela Play Store

1. Acesse a Play Store do seu celular;

2. Clique em “Meus apps”;

Desinstalar aplicativos

3. Vá em “Instalados”;

4. Clique na ferramenta “classificar por”;

5 .Escolha a opção “Usados por último”;

6. No final da rolagem estarão listados os apps que não são abertos há tempos pelo usuário;

Desinstalar aplicativos

7. Clique sobre aquele que des eja desinstalar e clique no botão “Desinstalar” para concluir a operação.

Advertisement
Desinstalar aplicativos

A prática de desinstalar aplicativos inúteis deve fazer parte do seu dia a dia de usuário, assim, você sempre estará liberando algum espaço na memória que estava sendo ocupado desnecessariamente. Para fazer isso, realize o passo a passo de desinstalação de apps do sistema android, conforme indicado abaixo:

Como desinstalar aplicativos no Android

1. Abra as configurações do seu aparelho Android;

2. Selecione “Aplicativos”;

Desinstalar aplicativos

3. Clique sobre o aplicativo que deseja desinstalar e o arraste em direção ao canto superior esquerdo da tela, onde diz “desinstalar”;

4. O aplicativo será desinstalado automaticamente e aparecerá uma notificação da Play Store assim que o software for inteiramente removido do aparelho.

Você pode notar que alguns aplicativos, aqueles que vieram na configuração de fábrica, não podem ser desinstalados, somente desativados. A diferença dessa operação é que o software continua a ocupar alguma parte da memória do dispositivo, pois continua lá, mas hibernando.

A vantagem, é que o sistema não perderá mais tempo com possíveis ações do aplicativo estarem operando em segundo plano. Entretanto, em alguns casos, você pode reduzir ainda mais os danos que essas pequenas aplicações têm para o seu celular.

Primeiramente,identifique quais são esses aplicativos e clique para abri-los no gerenciador de apps do seu celular ou na Play Store. Em seguida,clique para retroceder atualizações, assim, você continuará a ter o aplicativo em seu dispositivo, mas numa versão mais leve.

Caso você queira mesmo assim desinstalar os aplicativos nativos do seu sistema Android, também há jeito para isso – no entanto, ela não é muito recomendada porque é preciso acessar o root do celular, isto é se tornar um administrador do sistema e acessar partes essenciais de operações que, se forem danificadas, podem gerar panes permanentes no

dispositivo. Veja, abaixo, o que você deve fazer:

Como desinstalar aplicativos nativos

  1. Instale o aplicativo para desinstalar apps por meio da sua Play Store;
  2. Acesse o software instalado;
  3. Clique sobre o aplicativo que deseja fazer a remoção;
  4. Deixe o sistema operar sozinho. Talvez será necessário reiniciar o seu smartphone;
  5. Caso o sistema tenha bloqueado a operação você terá que se contentar com aquele app na versão lite para o resto da vida útil do seu aparelho.

Apps mais recomendados para a operação: Removedor de Apps do Sistema e Debloater.

Com a desinstalação dos aplicativos soberbos do seu aparelho você pode partir para o segundo passo que irá te garantir a transformação do seu celular.

Como limpar cache de aplicativos

Outra dica para deixar o seu celular mais rápido é fazer a limpeza do cachê dos aplicativos.

Os smartphones guardam alguns arquivos temporários que ajudam o sistema a gerenciar aplicações ou acelerar o carregamento de um aplicativo. Esse pequeno armazenamento é chamado de cache, um compilado de informações retidas e que consomem espaço da memória RAM do celular.

O excesso de dados no cache pode provocar o travamento de aplicativos ou a demora para rodá-los, por isso, a limpeza o cache dos seus apps poderá te garantir uma melhor experiência ao navegar pela sua telinha

  1. Acesse Configurações no seu Android;
  2. Deslize a tela ate a opção “dispositivo”;
  3. Clique na aba “Aplicativos”;
  4. Selecione o app que você gostaria de deletar informações e clique em “Limpar o Cachê”;
Desinstalar aplicativos

5. Quando houver a opção, também clique em “limpar dados”- isso poderá resetar a senha de alguns apps;

6. Repita o procedimento nos demais apps do seu celular.

Ao final do processo, você terá aplicativos rodando mais rapidamente e mais algum espaço na memória do seu celular.

Como transmitir tela do Android para a TV?

Para que você consiga transmitir a tela do celular para a TV, você precisa ter algumas coisas instaladas, tanto no celular, como na TV. São elas:

  • Smartphone com tecnologia Miracast ou semelhante;
  • Smart TV com tecnologia Miracast ou TV convencional com adaptador;
  • Roteador com acesso à Internet.

Para que funcione, tanto a TV quanto o celular precisam estar conectados à Internet. A tecnologia Miracast é usada por várias marcas de smartphones e televisões, para facilitar o uso pelos consumidores. As marcas que melhor a utilizam é a Samsung e LG, independente do sistema operacional.

Outras marcas também utilizam a Miracast para transmitir a tela do aparelho, no entanto, apresentam outro nome. Basta verificar nas especificações de seu aparelho.

A forma como o smartphone e a televisão são “conectados” acontece por um processo chamado WiFi direct. No aparelho Android, essa função pode ser encontrada com outros nomes, como “display sem fio” ou “transmitir”. Outras aparelhos usam uma tecnologia chamada de DLNA e AirPlay.

Não tenho uma TV Smart

Os aparelhos televisores antigos não possuem a tecnologia Miracast. Consequentemente, não é possível transmitir da tela do celular sem a ajuda de um adaptador. Atualmente, há vários modelos no mercado, que funcionam perfeitamente.

O mais famoso e popular é o Chromest do Google. No entanto, esse dispositivo pode ter um valor mais “salgado”, quando comparado a outros. O próprio Miracast tem um valor muito mais acessível e oferece o mesmo resultado.

Todos os adaptadores funcionam com smartphones com tecnologia Miracast ou outra semelhante.Mas, atenção! Ao adquirir um adaptador, verifique se ele suporta a transmissão de determinados serviços. HBO GO, Amazon Video e a queridinha Netflix não funcionam sem a ajuda de aplicativos específicos.

Espelhamento de tela

Esse recurso permite espelhar a sua tela de celular para a TV – não apenas um aplicativo específico, mas a tela inicial. Em outras palavras, com a função espelhamento, você pode usar seu celular olhando por meio da tela da TV.

O Android, por usar o Google, permite espelhar facilmente, ao contrário do iOS, que necessita de Apple TV, por usar a tecnologia AirPlay.

Cabo HDMI

Outra maneira de transmitir tela do celular para a TV é usando o tradicional cabo HDMI. Esse recurso não é tão prático quanto o WiFi direct, mas funciona bem na falta de outro recurso.

Aqui, basta conectar o cabo HDMI no celular e depois na TV. No entanto, o seu cabo precisa ter uma ponta USB – os compatíveis são MHL eSlim Port. No mercado, existem cabos específicos para aparelhos Android e iPhone, sendo que o valor varia entre R$30,00 e R$60,00.

O cabo USB, o mesmo que você utiliza para carregar o aparelho, pode ser útil, no entanto permite apenas visualizar arquivos salvos no celular.

Tenho uma TV Smart

Há uma boa lista e aplicativos que permitem transmitir a tela do celular para a TV, alguns gratuitos, com restrições, outras, em sua maioria, pagos. Lembrando que para funcionarem, a TV e o smartphone precisam de alguma tecnologia, comoMiracast ou semelhante. Verifique, também, se o app alcança seus objetivos.

Esses aplicativos são:

  • Screen stream mirroring;
  • HowLoud PRO;
  • Roku.

Melhores aplicativos para Android

O sistema operacional está em sua 8ª versão. Curiosidade é que com exceção das duas primeiras, todas têm nomes de doces. A atual versão é a Oreo que deixou o sistema mais rápido. Para ajudar você a ter o melhor do sistema, selecionamos os melhores aplicativos para celulares e tablets Android.

Lightroom

Editor de imagens da plataforma Adobe. Com ele dá para editar cor, contraste e luminosidade. Até quem não é muito familiarizado com programas de edição usa sem dificuldades. O programa já teve mais de 10 milhões de downloads. O app Ligthroom é gratuito por 30 dias.

🖼️ VEJA AQUI → Melhores aplicativos para edição de foto 

Plutoie File Manager

Aplicativo para organizar arquivos do telefone e cartão microSD. Com ele também transfere arquivos de smartphones para computadores. O Plutoie Flie Manager é robusto e segura o tranco de transferir arquivos pesados com rapidez. Quer mais? É visualizador de documentos e verifica os espaços ocupado e livre do celular.

🔒 VEJA AQUI → Melhores aplicativos para limpeza e segurança 

Tuneln Radio

Você ama ouvir rádio? Então tem que ter o Tuneln Radio no smartphone ou tablet. Com ele dá para ouvir mais de 100 mil rádios gratuitamente. O app tem rádios AM e FM do mundo inteiro, programas e podcasts.

Entre as funções está a aba “Live” que sugere programação ao vivo, a seção “Favoritos” e a “Echo” para compartilhar suas preferências com os amigos. O Tuneln Radio é uma “rede social de áudio”? Exatamente isso! É tido como um dos melhores aplicativos do segmento.

🔉 VEJA AQUI → Melhores aplicativos para ouvir e baixar músicas

Solid Explores File Manager

Mais um aplicativo para organizar arquivos. Sua utilização é intuitiva e o visual muito bonito. O usuário visualiza arquivos de todas as extensões, além de compactar arquivos zip. Dá também para conectar a serviços de armazenamento em nuvem. Mesmo tendo que pagar R$4,57 após o período de teste, vale a pena. Boa opção para quem usa o smartphone para trabalhar.

🗃️ VEJA AQUI → Melhores aplicativos para organizar arquivos

Scorp

Lançado em 2015, o Scorp tornou-se o mais baixado em agosto de 2017. É um aplicativo para postar vídeos de até 15 segundos. O usuário pode fazer amigos através do app. O Scorp é meio Facebook, meio Instagram, meio Twitter, meio Vine. Essa definição é um pouco confusa, mas você verá que é isso mesmo.

O app tem um feed de vídeos que o usuário pode ou não seguir. Há também uma seção com os vídeos mais vistos. Outra funcionalidade é a lista de assuntos mais populares, o famoso Tranding Topics do Twitter.

Usuário Android, agora é a sua vez!

Qual dica você dá para o uso do sistema? Qual aplicativo recomenda para deixá-lo ainda melhor?

 

Advertisement

Gilmar Penter
Fotógrafo, ator e comunicador é apaixonado pelas artes e pela aventura que é a vida. Nas palavras, vê uma chance de mudar o mundo, mesmo que para isso tenha que vir até ele, afinal, passa muito mais tempo no mundo da lua.

Comente